A Identidade do Externato PimPamPum

O EXTERNATO

O Externato PimPamPum apresenta-se como uma escola familiar preocupada em proporcionar um ambiente seguro e acolhedor ao desenvolvimento integral de cada criança.

Assumimos o compromisso de manter as instalações e equipamentos actualizados, de maneira a garantir a segurança dos nossos alunos e a suportar o seu processo de aprendizagem.

OS ALUNOS

Oferecemos um espaço onde as crianças possam desenvolver-se harmoniosamente no plano afectivo, intelectual e físico.

Sendo a autoestima e a motivação essenciais no desenvolvimento de cada criança, privilegiamos uma educação assente em valores de integridade, responsabilidade, autonomia e respeito.

Investimos num ensino personalizado orientado para o desenvolvimento das competências humanas e académicas de cada um dos nossos alunos.

Damos prioridade à inovação pedagógica e procuramos dotar os nossos alunos de instrumentos e mecanismos que lhes permitam ultrapassar com criatividade os desafios que os aguardam no futuro.

Privilegiamos a articulação curricular e a continuidade educativa entre o pré-escolar e o 1º ciclo, contribuindo para um desenvolvimento sustentado e harmonioso.

Estimulamos o desenvolvimento dos nossos alunos através de novas experiências, proporcionando visitas de estudos e actividades de enriquecimento curricular.

Encorajamos a prática de desporto para desenvolver a disciplina, espírito de equipa e competitividade de cada aluno, mas também para lhe proporcionarmos uma vida mais saudável.

Ao longo da nossa história a educação cultural foi sempre uma das nossas prioridades, em particular o desenvolvimento do prazer da leitura enquanto fonte de conhecimento e diversão.

A COMUNIDADE

Um dos pilares do trabalho desenvolvido pelo Externato PimPamPum assenta na articulação da participação de toda a comunidade educativa.

Ao longo de cada ano lectivo, o Externato PimPamPum estabelece com os pais e encarregados de educação uma relação de colaboração com o objetivo de i) promover momentos de partilha entre escola-aluno-comunidade, ii) dotar os pais de instrumentos que visam apoiar o seu papel na aquisição de conhecimentos sobre os seus educandos; e iii) permitir que a escola funcione como uma extensão da família, mas nunca se sobrepondo ao seu papel privilegiado na educação de cada criança.